x
 INSTITUCIONAL
 PRODUTOS
 SERVIÇOS
 EXCLUSIVO
 ARTIGOS
 IMPRENSA
 AGRICULTURA
 MIP
 +55 19 99910-1858
x
INSIDIOMIP
NEOMIP MAX
MACROMIP MAX
STRATIOMIP
TRICHOMIP-P
TRICHOMIP-G
Eficácia e Praticabilidade Agronômica
Estudos de Resíduos Químicos
MIP
Seletividade (Organismos Não Alvo)
Menu E-Commerce Busca
 
 

Você está em: Exclusivo

 
 
 
 
2018-05-17
UFPR promoveu curso de Controle Biológico Aplicado em Curitiba
 
 

O Dr. Marcelo Poletti, CEO da PROMIP, apresenta as tecnologias para o controle biológico desenvolvidas pela empresa durante a palestra ministrada na UFPR.

As pesquisas e registro de agentes de controle biológico tem apresentado crescimento expressivo nos últimos anos. Para acompanhar esta evolução a UFPR (Universidade Federal do Paraná) debateu os caminhos percorridos pelo controle biológico durante a semana do Ciclo de Atualização em Ciências Agrárias no curso “Controle Biológico de pragas: O Que Fizemos Até Aqui; Para Onde Devemos Ir?”.

O curso contou com a participação de profissionais atuantes no controle biológico, dentre eles, o Dr. Marcelo Poletti, Sócio Fundador e CEO da PROMIP, considerada a primeira biofabrica do Brasil. As palestras discutiram situação atual e perspectivas de evolução no controle biológico no mundo e no Brasil.

A Profa. Dra. Maria Aparecida Zawadneak pesquisadora na área de Entomologia Agrícola destaca o papel das universidades em preparar os profissionais para as demandas do mercado do controle biológico, segundo ela, o produtor precisa acreditar na ferramenta, mas é responsabilidade do Engenheiro Agrônomo garantir o sucesso desta estratégia na prática.

“Houve muita evolução em termos de oferta no controle biológico, os cursos de Agronomia nem sempre conseguem acompanhar esse crescimento, é importante em palestras, treinamentos e cursos, preparar o profissional para que a ferramenta seja aplicada de forma correta e garantir o seu sucesso”, afirma a Dra. Maria Aparecida.

A região metropolitana de Curitiba é uma área de muitas propriedades agrícolas que tem enfrentado problemas principalmente com a resistência de pragas, o Governo do Paraná, inclusive, tem atuado de forma a reduzir o uso de defensivos com forte fiscalização em todo o estado. Segundo o Engenheiro Agrônomo Reginaldo Fragoso, as ações para difusão do controle biológico têm sido desenvolvidas embarcando na necessidade dos próprios produtores em buscar soluções e alternativas eficazes para o controle de pragas.

“As porteiras estão abertas para mostrarmos que o controle biológico dá resultados, quem utiliza sabe e está satisfeito, os outros produtores quando ouvem dos resultados, também querem usar pois entendem o valor que a ferramenta vai agregar ao seu produto”, destaca. 

Segundo ele, a receptividade do uso do controle biológico dentro de programas de Manejo Integrado de Pragas (MIP) é muito positiva, o mercado está buscando produtos mais limpos e o produtor uma estratégia que solucione os problemas que ele enfrenta, assim, quando este compreende todos os benefícios que vem embarcados à ferramenta, a aceitação é maior.

“Estamos formatando junto ao SENAR-PR um curso de preparação com instrutores que serão multiplicadores da ferramenta dentro do estado, mostrando que ela é realmente efetiva e benéfica”, reitera Fragoso.

Nosso papel

A PROMIP considera como parte fundamental de seu trabalho investir na propagação do controle biológico aos agricultores em todas as regiões que atua. Nossos Consultores Técnicos de Vendas (CTVs) promovem Palestras, Treinamentos e Dias de Campo com o intuito de difundir a ferramenta e levar ao conhecimento dos produtores os benefícios de nossos produtos biológicos: tecnologias limpas, sustentáveis, eficazes e rentáveis.

 
 
 
voltar para home
 
UFPR promoveu curso de Controle Biológico Aplicado em Curitiba
2018-05-17

O Dr. Marcelo Poletti, CEO da PROMIP, apresenta as tecnologias para o controle biológico desenvolvidas pela empresa durante a palestra ministrada na UFPR.

As pesquisas e registro de agentes de controle biológico tem apresentado crescimento expressivo nos últimos anos. Para acompanhar esta evolução a UFPR (Universidade Federal do Paraná) debateu os caminhos percorridos pelo controle biológico durante a semana do Ciclo de Atualização em Ciências Agrárias no curso “Controle Biológico de pragas: O Que Fizemos Até Aqui; Para Onde Devemos Ir?”.

O curso contou com a participação de profissionais atuantes no controle biológico, dentre eles, o Dr. Marcelo Poletti, Sócio Fundador e CEO da PROMIP, considerada a primeira biofabrica do Brasil. As palestras discutiram situação atual e perspectivas de evolução no controle biológico no mundo e no Brasil.

A Profa. Dra. Maria Aparecida Zawadneak pesquisadora na área de Entomologia Agrícola destaca o papel das universidades em preparar os profissionais para as demandas do mercado do controle biológico, segundo ela, o produtor precisa acreditar na ferramenta, mas é responsabilidade do Engenheiro Agrônomo garantir o sucesso desta estratégia na prática.

“Houve muita evolução em termos de oferta no controle biológico, os cursos de Agronomia nem sempre conseguem acompanhar esse crescimento, é importante em palestras, treinamentos e cursos, preparar o profissional para que a ferramenta seja aplicada de forma correta e garantir o seu sucesso”, afirma a Dra. Maria Aparecida.

A região metropolitana de Curitiba é uma área de muitas propriedades agrícolas que tem enfrentado problemas principalmente com a resistência de pragas, o Governo do Paraná, inclusive, tem atuado de forma a reduzir o uso de defensivos com forte fiscalização em todo o estado. Segundo o Engenheiro Agrônomo Reginaldo Fragoso, as ações para difusão do controle biológico têm sido desenvolvidas embarcando na necessidade dos próprios produtores em buscar soluções e alternativas eficazes para o controle de pragas.

“As porteiras estão abertas para mostrarmos que o controle biológico dá resultados, quem utiliza sabe e está satisfeito, os outros produtores quando ouvem dos resultados, também querem usar pois entendem o valor que a ferramenta vai agregar ao seu produto”, destaca. 

Segundo ele, a receptividade do uso do controle biológico dentro de programas de Manejo Integrado de Pragas (MIP) é muito positiva, o mercado está buscando produtos mais limpos e o produtor uma estratégia que solucione os problemas que ele enfrenta, assim, quando este compreende todos os benefícios que vem embarcados à ferramenta, a aceitação é maior.

“Estamos formatando junto ao SENAR-PR um curso de preparação com instrutores que serão multiplicadores da ferramenta dentro do estado, mostrando que ela é realmente efetiva e benéfica”, reitera Fragoso.

Nosso papel

A PROMIP considera como parte fundamental de seu trabalho investir na propagação do controle biológico aos agricultores em todas as regiões que atua. Nossos Consultores Técnicos de Vendas (CTVs) promovem Palestras, Treinamentos e Dias de Campo com o intuito de difundir a ferramenta e levar ao conhecimento dos produtores os benefícios de nossos produtos biológicos: tecnologias limpas, sustentáveis, eficazes e rentáveis.

 
 
voltar

 
© 2018 PROMIP. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Sopa de Ideias
 
10 anos de PROMIP
FICOU INTERESSADO EM NOSSAS SOLUÇÕES?
FALE COM A PROMIP
Nome: E-mail: Mensagem:
Linkedin Facebook Instagram Youtube
Voltar
© 2018 PROMIP.
Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Sopa de Ideias