x
 INSTITUCIONAL
 PRODUTOS
 SERVIÇOS
 EXCLUSIVO
 ARTIGOS
 IMPRENSA
 AGRICULTURA
 MIP
 +55 19 99910-1858
x
NEOMIP MAX
MACROMIP MAX
STRATIOMIP
TRICHOMIP-P
TRICHOMIP-G
Eficácia e Praticabilidade Agronômica
Estudos de Resíduos Químicos
MIP
Seletividade (Organismos Não Alvo)
Menu E-Commerce Busca
 
 

Você está em: Exclusivo

 
 
 
 
2017-10-06
Novo Laboratório de Nematologia completa o Portfólio de Serviços Promip para a Safra 2017/2018
 
 
Recém estruturado no site da Promip em Conchal, o laboratório contará com especialistas para o desenvolvimento de estudos e pesquisas com nematoides
 

A alta incidência de nematoides nas lavouras, é um problema que têm crescido no Brasil. De difícil identificação, esta parasita causa prejuízos anuais de até R$35 bilhões ao agronegócio brasileiro, segundo dados da SBN (Sociedade Brasileira de Nematologia).

Os nematoides são vermes que possuem o corpo em formato cilíndrico, geralmente alongado e com as extremidades afiladas. Devido ao seu tamanho diminuto, geralmente microscópicos, os nematoides nem sempre estão em evidência, porém são organismos de enorme diversidade estando presentes em diferentes habitats.

Observando a crescente demanda para pesquisas em nematologia, a Promip acaba de estruturar junto ao seu Centro de Inovação em Manejo Integrado de Pragas, localizado em Conchal/SP, um laboratório específico para o desenvolvimento de análises e estudos com as principais espécies de nematoides, apontadas como principal causa de prejuízos econômicos em diversas culturas.

 “Entendemos que estas demandas vêm crescendo, tanto por parte das empresas que buscam o desenvolvimento de novas soluções para atender este mercado, como dos próprios agricultores em busca de análises para um diagnóstico mais preciso da situação em suas áreas de produção. Após avaliação criteriosa definimos que este é o momento certo para iniciarmos a prestação de serviços nesta área. Acabamos de trazer para nossa equipe uma especialista na área, isso com o intuito principal de oferecer um serviço específico aos nossos clientes, um trabalho mais elaborado, com elevado rigor científico e de máxima qualidade”, afirma o Dr. Luiz Antonio A. José, diretor de serviços da empresa.

Raiz de tomate tomada infestada por nematoides (Foto: Michel Nessrallah)

De acordo com José, que trabalhou por muitos anos com o desenvolvimento de moléculas para o controle de nematoides, há uma nítida carência no país em laboratórios especializados que possam oferecer estudos direcionados para demandas específicas dentro da área de nematologia.

“A Promip passa a fornecer este tipo de trabalho de pesquisa, bem como o fornecimento de várias espécies de nematoides para estudos, diagnósticos através de análises qualitativas e quantitativas da presença do parasita em solos e raízes. Além disso a empresa pretende incluir seus serviços de nematologia para certificação de mudas, de acordo com a ISSO 17025, em culturas de citros, café, eucalipto e, futuramente, em cana-de-açúcar (MPB)”, reitera.

“Nós procuramos sempre oferecer um serviço diferenciado, e estamos abrindo mais um campo de serviços aos nossos clientes. Muitas empresas estão investindo no desenvolvimento de novos princípios ativos químicos e biológicos para suprir este mercado e nós da Promip passamos agora a suportar estas empresas em suas pesquisas”, finaliza José.

O novo laboratório

Para a Dra. Adriana Gabia, Coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento em Nematologia da Promip é muito importante contar com um laboratório especializado que realize estudos e pesquisas que contribuam para a resolução dos problemas causados pelo parasita.

“Os serviços realizados pelo nosso laboratório darão suporte para o desenvolvimento de novos produtos para controle desses organismos e auxiliarão o produtor na tomada de decisão do manejo a ser adotado”, diz Adriana.

Segundo Adriana, em áreas contaminadas não é possível a erradicação do parasita, entretanto o produtor deverá adotar medidas de manejo visando permitir um bom estabelecimento das culturas sem perdas em produtividade. Em áreas não infestadas, deve-se evitar a introdução do nematoide adotando algumas práticas.

“É importante fazer a limpeza de reservatórios de água e canais de irrigação; uso de mudas produzidas com substratos esterilizados; lavagem de máquinas e implementos agrícolas após sua utilização e evitar acesso de pessoas e animais domésticos em áreas infestadas” afirma.

Ela também comentou sobre as expectativas para o início dos trabalhos no novo laboratório.

“As expectativas são grandes, pois se trata de uma área em ascensão. O problema com nematoides tem se agravado nos últimos anos devido a retirada de vários nematicidas de amplo espectro do mercado bem como a adoção de práticas agrícolas que favoreçam o parasita. Paralelamente, um novo mercado se abriu com a incorporação de nematicidas via tratamento de sementes, sejam eles de origem química ou biológico”.

 

 
 
 
voltar para home
 
Novo Laboratório de Nematologia completa o Portfólio de Serviços Promip para a Safra 2017/2018
Recém estruturado no site da Promip em Conchal, o laboratório contará com especialistas para o desenvolvimento de estudos e pesquisas com nematoides
2017-10-06

A alta incidência de nematoides nas lavouras, é um problema que têm crescido no Brasil. De difícil identificação, esta parasita causa prejuízos anuais de até R$35 bilhões ao agronegócio brasileiro, segundo dados da SBN (Sociedade Brasileira de Nematologia).

Os nematoides são vermes que possuem o corpo em formato cilíndrico, geralmente alongado e com as extremidades afiladas. Devido ao seu tamanho diminuto, geralmente microscópicos, os nematoides nem sempre estão em evidência, porém são organismos de enorme diversidade estando presentes em diferentes habitats.

Observando a crescente demanda para pesquisas em nematologia, a Promip acaba de estruturar junto ao seu Centro de Inovação em Manejo Integrado de Pragas, localizado em Conchal/SP, um laboratório específico para o desenvolvimento de análises e estudos com as principais espécies de nematoides, apontadas como principal causa de prejuízos econômicos em diversas culturas.

 “Entendemos que estas demandas vêm crescendo, tanto por parte das empresas que buscam o desenvolvimento de novas soluções para atender este mercado, como dos próprios agricultores em busca de análises para um diagnóstico mais preciso da situação em suas áreas de produção. Após avaliação criteriosa definimos que este é o momento certo para iniciarmos a prestação de serviços nesta área. Acabamos de trazer para nossa equipe uma especialista na área, isso com o intuito principal de oferecer um serviço específico aos nossos clientes, um trabalho mais elaborado, com elevado rigor científico e de máxima qualidade”, afirma o Dr. Luiz Antonio A. José, diretor de serviços da empresa.

Raiz de tomate tomada infestada por nematoides (Foto: Michel Nessrallah)

De acordo com José, que trabalhou por muitos anos com o desenvolvimento de moléculas para o controle de nematoides, há uma nítida carência no país em laboratórios especializados que possam oferecer estudos direcionados para demandas específicas dentro da área de nematologia.

“A Promip passa a fornecer este tipo de trabalho de pesquisa, bem como o fornecimento de várias espécies de nematoides para estudos, diagnósticos através de análises qualitativas e quantitativas da presença do parasita em solos e raízes. Além disso a empresa pretende incluir seus serviços de nematologia para certificação de mudas, de acordo com a ISSO 17025, em culturas de citros, café, eucalipto e, futuramente, em cana-de-açúcar (MPB)”, reitera.

“Nós procuramos sempre oferecer um serviço diferenciado, e estamos abrindo mais um campo de serviços aos nossos clientes. Muitas empresas estão investindo no desenvolvimento de novos princípios ativos químicos e biológicos para suprir este mercado e nós da Promip passamos agora a suportar estas empresas em suas pesquisas”, finaliza José.

O novo laboratório

Para a Dra. Adriana Gabia, Coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento em Nematologia da Promip é muito importante contar com um laboratório especializado que realize estudos e pesquisas que contribuam para a resolução dos problemas causados pelo parasita.

“Os serviços realizados pelo nosso laboratório darão suporte para o desenvolvimento de novos produtos para controle desses organismos e auxiliarão o produtor na tomada de decisão do manejo a ser adotado”, diz Adriana.

Segundo Adriana, em áreas contaminadas não é possível a erradicação do parasita, entretanto o produtor deverá adotar medidas de manejo visando permitir um bom estabelecimento das culturas sem perdas em produtividade. Em áreas não infestadas, deve-se evitar a introdução do nematoide adotando algumas práticas.

“É importante fazer a limpeza de reservatórios de água e canais de irrigação; uso de mudas produzidas com substratos esterilizados; lavagem de máquinas e implementos agrícolas após sua utilização e evitar acesso de pessoas e animais domésticos em áreas infestadas” afirma.

Ela também comentou sobre as expectativas para o início dos trabalhos no novo laboratório.

“As expectativas são grandes, pois se trata de uma área em ascensão. O problema com nematoides tem se agravado nos últimos anos devido a retirada de vários nematicidas de amplo espectro do mercado bem como a adoção de práticas agrícolas que favoreçam o parasita. Paralelamente, um novo mercado se abriu com a incorporação de nematicidas via tratamento de sementes, sejam eles de origem química ou biológico”.

 

 
 
voltar

 
© 2017 PROMIP. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Sopa de Ideias
 
10 anos de PROMIP
FICOU INTERESSADO EM NOSSAS SOLUÇÕES?
FALE COM A PROMIP
Nome: E-mail: Mensagem:
Linkedin Facebook Instagram Youtube
Voltar
© 2017 PROMIP.
Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Sopa de Ideias